Guia Rápido
Capturas de tela
Vídeos

Uldaman

Confrontos

  • Revelosh – Alguns luminares da prestigiosa Liga dos Exploradores de Altaforja teorizaram sobre a existência de um vínculo ancestral entre o povo enânico e os troggs. Os cientistas apontam que a prática de acumular artefatos titânicos dos troggs seria um reflexo da reverência dos anões por tais objetos. Se isso for verdade, o trogg conhecido como Revelosh pode ser considerado um arqueólogo, embora qualquer aventureiro preocupado com a história tenda a chamá-lo de ladrão.
  • Os anões perdidos – Buscando fama e, principalmente, fortuna, três irmãos, Eric, Olaf e Baelog, assumiram um contrato com a Liga dos Exploradores para explorar a fundo nos corredores de Uldaman e abrir passagem para um grupo de pesquisadores. Para esses três anões, entretanto, "abrir passagem" infelizmente se transformou em "ficar totalmente perdido em um labirinto antigo". Anões orgulhosos até o fim, eles lutam para evitar que os segredos de Uldaman e da Liga dos Exploradores caiam nas mãos da Horda.
  • Ferronaya – Os titãs não construíram o complexo de Uldaman diretamente. Eles usaram vários servos para criar seus grandes corredores. O Panteão confiou à guardiã Ferronaya a supervisão da construção e zelo por Uldaman, mas, com o passar do tempo, a câmara que um dia foi inspiradora tornou-se ruínas. Na câmara do mapa, Ferronaya passou milênios em uma espécie de estase, analisando o plano original desenhado por Khaz'Goroth e tentando encontrar uma forma de restaurar o complexo à origem.
  • Antigo Protetor de Pedra – Um dos vários golens que operavam a grande galeria titânica, o Antigo Protetor de Pedra foi parte de um pequeno grupo que servia como intermediário entre os vigias que controlavam a instalação e os servos. Com a corrupção da Sentinela de Obsidiana, o Antigo Protetor de Pedra se tornou o último de sua espécie, cumprindo sua função de proteger os segredos dos titãs da melhor forma possível até seu inevitável desligamento.
  • Galnann Martelígneo – Como reação à descoberta de Uldaman pelos anões Barbabronze, o clã Ferro Negro organizou uma invasão ao cofre para impedir que seus inimigos ancestrais acessassem os poderosos artefatos que ali estavam. Galnann Martelígneo, um senador da Cidade de Umbraforja, foi enviado para observar a escavação de Uldaman, de forma que o imperador pudesse explorar o potencial destrutivo dos artefatos contra os inimigos Ferro Negro.
  • Grimlok – Na sociedade trogg, o maior, mais forte e feroz guerreiro normalmente se torna o chefe através de demonstrações de poder. Grimlok poderia ser chamado de um gênio, já que ele conseguiu controlar os troggs da Abóbada de Pedra através de intimidação e o que poderia ser considerado guerrilha psicológica cruel. Ele treinou um basilisco mortal e o utiliza para ameaçar de petrificação aqueles que possam se tornar possíveis usurpadores do seu cargo.
  • Arkhaedas – Nas profundezas de Uldaman há uma câmara que contém um dos maiores tesouros titânicos, criada pelo próprio Norgannon. Entretanto, até agora nenhum explorador conseguiu acessar essa relíquia, pois todas as tentativas ativam o grande vigia Arkhaedas, um imenso guardião que facilmente despacha os caçadores de tesouro com ataques poderosos e um verdadeiro exército de servos. Criado a partir de uma das mais antigas e duras rochas das profundezas de Uldaman, Arkhaedas é um inimigo tão formidável quanto antigo.
  • Sentinela de Obsidiana – A Sentinela de Obsidiana era responsável por proteger os segredos de Uldaman até ser corrompida por uma força desconhecida. Originalmente feita da mesma pedra das paredes de Uldaman, este guardião teve a maior parte do seu corpo substituída por vidro negro, capaz de refletir magias. O que quer que tenha sido responsável pela transformação da Sentinela de Obsidiana, certamente é muito potente, pois não é fácil alterar pedras encantadas de um constructo titânico.

Guias

Relacionado

Contribuir